Concurso para Juiz do TJ MG 2021 – Vagas, Salários e Inscrições

TJ-MG abre inscrições para o seu novo concurso público 2021. Oportunidades são para o cargo de juiz e os selecionados receberão salários de R$ 30 mil.

Um novo concurso público para o Tribunal de Justiça de Minas Gerais foi aberto neste final de 2021. Olha só que grande oportunidade para os bacharéis em Direito que sonham com a carreira de Juiz.

No dia 25 de outubro foram abertas as inscrições para o certame que tem como objetivo a contratação de juízes substitutos. É uma grande oportunidade para concurseiros da área de Direito, o cargo oferece uma remuneração de R$ 30.404,42.

Para participar, o candidato deve comprovar ter exercido atividade jurídica por no mínimo três anos após sua graduação.

Estão sendo oferecidas 82 vagas no total. Entre elas, algumas estão reservadas para grupos específicos, como: 16 para candidatos negros e outras 8 para os portadores de deficiência. Dessa forma, restam 58 para a ampla concorrência. As oportunidades divulgadas no edital são todas para início imediato. Outras chances podem surgir durante o tempo de vigência do concurso.

A organização do concurso está a cargo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), banca escolhida para cuidar de todas as etapas do processo.

Inscrições

As inscrições começaram no dia 25 de outubro e serão aceitas até o dia 23 de novembro. Para concorrer é preciso pagar uma taxa no valor de R$ 300. A taxa deve ser paga até o dia 23 de novembro.

Candidatos desempregados ou que integrem família de baixa renda, inscrita no CadÚnico, podem fazer o pedido de isenção da taxa. A solicitação deve ser enviada até o dia 23 de novembro. Não esquecendo que para solicitar a isenção será necessário enviar documentos que possam comprovar sua situação. A banca encarregada do processo seletivo, a FGV, fará a divulgação dos nomes de isentos no próprio site. Fique atento.

Leia também:  Concursos Abertos em SP - Junho 2021

Somente através do site da Fundação Getúlio Vargas os candidatos podem realizar sua inscrição. Confira a seguir o endereço: https://conhecimento.fgv.br.

Em caso de dúvida, a FGV disponibiliza dois canais para atender os candidatos, anote: telefone- 0800 283 4628 e um e-mail:concursotjmg21@fgv.br.

Provas

Os candidatos terão até o próximo ano para se preparar, já que a prova está marcada para o dia 20 de fevereiro de 2022.

O processo de seleção é formado pelas seguintes etapas: prova objetiva, provas escritas, avaliação médica e psicológica, sindicância da vida pregressa e investigação social, prova oral e análise de títulos.

Exceto a prova objetiva, as outras fases ainda dependem de confirmação.

Prova objetiva

Veja agora o que estudar para a prova objetiva.

A prova objetiva tem 100 questões que devem ser respondidas no formato de múltipla escolha. Essa prova é dividida em três blocos.

No primeiro, há questões sobre Direito Civil (10), Direito Processual Civil (10), Direito do consumidor (5) e Direito da Criança e do Adolescente (5); no segundo bloco, os candidatos respondem sobre Direito Penal (10), Direito Processual Penal (10), Direito Constitucional (5) e Direito Eleitoral (5); e no último e terceiro bloco, as questões são relacionadas a Direito Empresarial (10), Direito Tributário (5), Direito Ambiental (5), Direito Administrativo (5).

Para conseguir a aprovação, é preciso obter no mínimo 30% de acertos em cada bloco e média total de 60%.

Apenas os mais bem colocados passam para a fase seguinte, que é das provas escritas.

Provas Escritas

Serão duas as provas escritas. A primeira, é uma prova discursiva com cinco questões de conteúdo pragmático, noções de Direito e de formação humanística. Na segunda prova, será cobrado dos candidatos que lavrem duas sentenças. Uma deve ser de natureza civil e a outra de natureza criminal.

Leia também:  Concurso Prefeitura de Curitiba PR 2019 - Vagas

Veja agora para quando estão sendo previstas as provas escritas:

  • 06/05/2022 – Prova discursiva;
  • 07/05/2022 – Prova prática de sentença de natureza Cível;
  • 08/05/2022 – Prova prática de sentença de natureza Criminal.

Após a aprovação nas provas escritas, os candidatos seguem para as etapas seguintes do concurso.

A prova oral

Durante a prova oral, uma comissão examinadora deve questionar os candidatos sobre determinados pontos pragmáticos do Direito e de Formação Humanística. Existe uma previsão que a prova oral possa acontecer no mês de novembro de 2022.

Prova de Títulos

Essa só deve acontecer em dezembro de 2022. Nela, serão avaliados a formação acadêmica e a experiência profissional dos candidatos a magistrados.

De acordo com o edital, o concurso será válido por dois anos. Esse prazo pode ser estendido por mais dois, caso haja necessidade. O Tribunal de Justiça de Minas Gerais seguirá seus próprios critérios para decidir sobre a prorrogação deste. Vale lembrar que o tempo de validade começa a ser contado a partir da homologação do resultado.

Henri Silva

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *