Concurso Marinha do Brasil 2022 – Inscrições


A Marinha do Brasil irá abrir as inscrições em seu Concurso Público que terá 960 vagas para Fuzileiros Navais.

A Marinha do Brasil irá realizar um concurso público que visa a admissão de cerca de 960 fuzileiros navais.


Portanto, se o leitor tem interesse em participar do certame ou conhece alguém que possa se interessar, não deixe de se inteirar sobre mais informações que estão disponíveis logo abaixo.


Conforme informação disponibilizada na última quarta-feira, dia 19 do mês de janeiro, a Marinha do Brasil está com o propósito de realizar um concurso público, com o intuito de ofertar aproximadamente 960 oportunidades, por meio do Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais.


Dessa forma, o processo de seleção tem como objetivo a seleção dos candidatos para completar as turmas I e II do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais, ainda para o ano de 2023.


Sendo assim, aqueles que têm o desejo de se candidatarem às vagas devem ficar atentos aos prazos de inscrição, que tem início no dia 14 de fevereiro deste ano e se estende até o dia 24 do mês de março. É válido ressaltar que as inscrições no site da Marinha, através do seguinte endereço eletrônico: https://www.marinha.mil.br/cgcfn ou podem ser realizadas na forma presencial. Outro ponto muito importante que envolve a taxa de inscrição é que ela só será finalizada e validada quando o participante cumprir as seguintes etapas: imprimir o boleto de inscrição, e pagar um valor equivalente a R$40,00, sendo muito importante prestar atenção sobre o prazo de validade do boleto, para não perder a oportunidade.

O candidato deve saber como funciona o curso de formação da Marinha, por isso vamos para uma breve explicação: o período esperado para a conclusão do curso é de aproximadamente 17 semanas. Ele acontece simultaneamente em dois locais diferentes, isto é, ocorre na cidade do Rio de Janeiro, na CIAMPA, que constitui o Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves. Além de outros alunos serem direcionados para Brasília, no Estado do Distrito Federal. Por lá, eles recebem capacitação no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília, também conhecido como CIAB.

Para entender o porquê de tal divisão, é relevante que os interessados saibam que isso está diretamente relacionado à distribuição das vagas. Neste caso, é preciso estar a par da logística, que é a seguinte: candidatos das regiões sudeste e sul são direcionados a cidade do Rio de Janeiro, onde são ofertadas 720 vagas. Por outro lado, outras 40 vagas são para os candidatos das regiões norte, nordeste e centro-oeste, que se alojam em Brasília.

Este concurso tem suas vagas direcionadas somente aos candidatos do sexo masculino, No entanto, para que eles possam participar do curso de formação, é necessário que eles preencham alguns requisitos, tais como: ter no mínimo 18 anos e no máximo 22 anos; possuir altura superior a 1,54m e inferior a 2,00m.

Ao longo do desenrolar do curso, o candidato concursado recebe uma bolsa de aproximadamente R$1.300,00.

Sabe-se que concursos públicos como esses são bastante procurados pelos jovens, já que se abre um leque de possibilidades aos candidatos aprovados, alguns exemplos são: ascensão na carreira e estabilidade tanto social quanto financeira, representando para muitos uma chance de melhorar as condições de vida através dos estudos. No entanto, há um grande número de candidatos em relação ao número de vagas. Por isso, aqueles que realmente desejam conquistar a vaga devem se preparar com dedicação e afinco, já que as etapas de aprovação não se restringem apenas a provas teóricas, como também avaliações físicas e psicológicas. Tendo isso em vista, quanto antes iniciar a preparação, mais chances tem de se conseguir a vaga. Uma das estratégias usadas é refazer as provas anteriores do certame, pois assim, o candidato consegue identificar qual o conteúdo é aplicado, como ele é cobrado na questão, o tempo que se leva para realizar as questões e tudo isso, sem se esquecer do treinamento corporal e de dar pausas ao cérebro para uma boa assimilação e para o teste psicológico. Seguindo essas dicas o candidato fica mais próximo da tão sonhada aprovação.

Por Ana Paula



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.